top of page
Buscar

Pai de primeira viagem - o papel do pai na gestação


Aos pais de primeira viagem, entenda que seu papel é fundamental desde a gestação. Embora seja a mãe que esteja carregando seu filho (a) no ventre, existem “N” maneiras de criar vínculos com o bebê e ajudar sua companheira nesse momento.

Seja um pai de primeira viagem participativo

Participe do pré natal indo às consultas e ultrassons. Acompanhar o desenvolvimento gestacional vai criar um vínculo entre você e o bebê. Fique por dentro dos exames que devem ser feitos, da alimentação que deve ser seguida e dos hábitos que devem ser mudados. Assim, você poderá ajudar a cuidar da saúde da sua companheira e do bebê.

A figura paterna

O papel do pai na gestação é mais de coadjuvante. O pai serve para dar suporte à mãe. Esse papel começa a ganhar mais destaque quando o bebê nasce. Dizem que o verdadeiro pai nasce quando o homem segura seu filho no colo pela primeira vez. Até então, o pai não se sente realmente pai e algumas vezes se sente um peixe fora d’água. Converse com a “barriga”, assim o bebê vai assimilando sua voz e você vai fortalecendo o vínculo com ele.

Seja antenado

Pesquise sobre cuidados com o bebê, sobre o que um bebê precisa, sobre gestação… Enfim, tudo que tem a ver com o bebê. Aprenda como dar banho, trocar fralda, como saber se o bebê está com cólica, sinais de parto, cuidados do puerpério… Se possível faça um curso, que vai ajudar bastante. Normalmente esses cursos são ministrados na própria maternidade.

Mãos à obra!

Ajude nos preparativos. Ok, as mulheres sabem que compras são chatas para os homens. Ainda mais quando você não entende nada de roupa de bebê. Não saber o que é um mijãozinho, body, tiptop, cueiro, naninha e todos esses nomes estranhos só piora as coisas. Mas que tal ajudar a escolher os móveis do bebê? Sua mulher pode se bater um pouco com as medidas do cômodo, o que vai caber, quais móveis tem mais qualidade em material e acabamentos e nisso você pode ajudar. Ou, melhor ainda, botar a mão na massa e pintar o quartinho, instalar prateleiras e nichos, etc. Opinar sobre a escolha do carrinho de bebê e sobre a cadeirinha para o carro também pode ser bem interessante. Muitas vezes, essa compra será mais divertida para você do que para sua esposa.

Atenção especial à mamãe

Principalmente no último trimestre da gestação, a mulher se sente mais cansada e está mais limitada por conta do crescimento da barriga. Pode ser comum que ela peça ajuda para amarrar um tênis, por exemplo.

  • Seja paciente. Entenda que sua esposa está com os hormônios todos alterados e as mudanças de humor podem variar.

  • Pró atividade nesse momento é muito importante.

  • Dividam as tarefas. Fique com as mais pesadas ou cansativas.

  • Faça massagens e mime ela.

  • Faça uma comidinha que ela gosta ou peça um delivery. A mamãe ficará contente com a sua participação e isso vai fortalecer o vínculo com seu pequeno.

Se você é mãe e gostou desse post, compartilhe com o papai. Comentem se esse post foi relevante para vocês. Uma ótima semana a todos!

15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page